terça-feira, 31 de dezembro de 2013

POETRIX VIRA POESIA - C'EST FINI




Não lembramos
Nem do último pecado
Vazio ao quadrado!


Quedo surpreendido
De fato ainda duvido
Do que você me falou
Ao ouvido
Uma coisa comprida
História inadvertida
Outra vida – nossa vida
Não entendi – digo aqui
Não entendi
Ficou vazio – C´est fini

domingo, 29 de dezembro de 2013

POETRIX VIRA POESIA - SONHO DA RAINHA


Se no coração doeu
Nos olhos ardeu
Valeu


Ardia no coração
A doce paixão
Sonho da rainha do Butão
Ardia no coração

Dos teus olhos – de rainha
A angústia advinha
A mais pura erva-daninha
Dos teus olhos – de rainha

Amar era o que valia
No coração doía
No olhar se deduzia
Amar era o que valia

sábado, 28 de dezembro de 2013

Menor bom é menor preso?

http://www.cartacapital.com.br/revista/765/menor-bom-e-menor-preso-436.html

“No mundo todo, há uma predisposição da opinião pública a acreditar que a violência só vai reduzir com mais repressão, mais prisões e penas mais duras. E não há uma defesa enfática do argumento contrário. Com a espetacularização dos crimes cometidos por menores na televisão, quem se dispõe a dizer abertamente que a prisão para os adolescentes não é justa?”

POETRIX VIRA POESIA - OLHAR TRIGUEIRO



1.
“A vida
Aproxima
Mas não garante!”


Vida não garante
Vamos adiante
Sobra o tempo inteiro
Para outro janeiro
Para outro desespero

Vida não garante
Vamos adiante
Sobra o sonho inteiro
Para o olhar trigueiro
Para outro destempero

A vida não garante
Vamos adiante
Sobra o prazer inteiro
Para o abraço derradeiro
Para outro exagero

(uma amiga deu a ideia de "transformar" poetrix em poesia - talvez seja impossível - mas o exercício tem sido interessante) 

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

POESIA!



A poesia
Não tem memória
Nem amnésia
Poesia é instante

O verso não começa
Muito menos acaba
Verso é detalhe
A palavra não basta
A poesia é vasta

Poesia é o poeta
Mais ainda, é nada
Ideia pós-nexo
Ínfimo reflexo
Da razão (des)cansada


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Uruguai, na contramão dos vizinhos, quer ser modelo



http://www.cartacapital.com.br/internacional/ao-legalizar-maconha-uruguai-vai-na-contramao-dos-vizinhos-e-quer-ser-modelo-8013.html/view

..."As várias décadas de combate às drogas consumiram bilhões de dólares, mataram milhares de pessoas, abriram feridas nas sociedades e o resultado foi o crescimento do consumo e do poder dos cartéis", diz o cientista político Ricardo Sennes, da PUC-SP."Alguns países levaram a discussão a patamares avançados e estão ousando mudar as suas estratégias. O Uruguai está entre esses países que estão assumindo o risco, inclusive, de serem os únicos da região com essa política", acrescenta.